©  2019 por Lane Lucena | vivasuaessencia@outlook.com | (88) 98132-0111 Ceará | Brasil

  • White Facebook Icon
  • Instagram - White Circle
  • White Google+ Icon
Siga
Viva Sua Essência

October 20, 2019

Please reload

Posts Recentes

O que é a Ansiedade?

October 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

O significado dos sonhos para a psicanálise

January 5, 2018

 

Para Sigmund Freud, vanguardista por seus estudos sobre as mensagens do nosso inconsciente, os sonhos são uma forma da psique de “realizar desejos”. São ensaios por parte do inconsciente para solucionar um desacordo, seja ele recente ou algo do passado.

Já para Carl Jung, psiquiatra, psicoterapeuta e fundador da psicologia analítica, o sonho é uma fração do exercício psíquico involuntário, mas que dispõe de considerável consciência, a fim de ser reproduzida no estado de vigília. Desse modo, os sonhos são as manifestações psíquicas que mais nos apresentam elementos “irracionais”.

A diferença entre Freud e Jung

Freud partia da interpretação de que todos os conteúdos dos sonhos tinham causa em experiências anteriores, desejos e traumas. Ao apreciar os sonhos, Freud sugere considerar que: 

 

  • sonhos podem estar manifestando desejos;

  • sonhos podem estar recordando fatos que aconteceram na véspera.


Contrário à abordagem de Freud, Jung vê os pensamentos oníricos como uma finalidade e atua com elas e não com as suas causas. No momento de “examinar” um sonho, Jung pondera que: 

 

  • perceba os símbolos nos sonhos;

  • amplie o conteúdo dos sonhos; 

  • leve em conta a função compensatória dos sonhos.


Logo, na busca constante pelo nosso eu, os sonhos desempenham papel fundamental. Descobrir o que são os sonhos para a psicanálise é o mesmo que ampliar nosso entendimento do mundo e desenvolver a nossa personalidade.

Fonte: SBPI - Escola de Psicanálise
 

 

Lane Lucena
Psicanalista Clínica Infantil

🛋️ www.psiqueanalise.com
.................................................................
Com especializações em psicologia e saúde mental e psicopedagogia clínica, realiza tratamento psicanalítico do sofrimento psíquico em geral, tais como: fobias, ansiedades, depressões, obsessões, impulsos auto e heteroagressivos, angústias e psiconeuroses.   

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload