G-D8LLWBXBP3
top of page
  • Foto do escritorLane Lucena

Escrevendo sobre o Florescimento por Lane Lucena

Atualizado: 21 de mar.


No turbilhão da vida moderna, é fácil sermos arrastados pelo ritmo frenético do dia a dia, sem pausas para reflexão ou celebração dos momentos de crescimento e conquista. No entanto, reservar um tempo para olhar para trás, para os detalhes que moldaram nosso ano anterior, pode ser uma prática profundamente gratificante e transformadora.


Imagine isso: você está sentado com seu caderno, planner ou agenda em mãos, folheando as páginas que contêm os registros meticulosos do ano que se passou. Cada compromisso, cada pequena vitória, cada desafio superado está ali, capturado em tinta e papel. Mas, mais do que apenas revisitar esses eventos, você se propõe a mergulhar nas emoções e experiências que os acompanharam.


Este ato deliberado de revisão é mais do que uma simples nostalgia; é uma oportunidade de florescimento pessoal. Ao olharmos para trás, podemos identificar padrões em nossos comportamentos e reações, compreender melhor nossos pontos fortes e áreas de crescimento e, mais importante, apreciar o caminho que percorremos até agora.


Uma prática particularmente valiosa é a eleição de uma palavra que resuma o ano que passou. Esta palavra serve como um farol, iluminando os momentos mais significativos, os temas recorrentes e os objetivos alcançados. Pode ser uma palavra que inspire, como "resiliência", lembrando-nos da nossa capacidade de enfrentar desafios com coragem e determinação. Ou pode ser uma palavra que nos lembre de celebrar, como "gratidão", reconhecendo as bênçãos e as pessoas que tornaram nosso ano especial.




Além disso, ao escrever sobre o florescimento no ano anterior em nosso planner, estamos cultivando uma prática de autoconsciência e autocompaixão. Estamos nos dando permissão para reconhecer e valorizar nosso próprio crescimento, em vez de nos compararmos constantemente com os outros ou nos criticarmos por nossas imperfeições.


No entanto, o benefício dessa prática vai além do âmbito pessoal. Ao compartilhar nossas reflexões e experiências com outros, estamos contribuindo para uma cultura de abertura e empatia. Estamos mostrando aos outros que é normal e saudável reconhecer e celebrar nosso próprio florescimento, e que todos nós temos o poder de moldar nossa própria narrativa.


Portanto, enquanto nos preparamos para iniciar um novo ano no nosso planner, reservemos um momento para olhar para trás. Vamos escrever sobre nosso florescimento no ano anterior, eleger uma palavra que resuma nossas experiências e comprometer-nos a continuar a jornada de crescimento e autodescoberta. Pois é no processo de reflexão que encontramos significado e inspiração para seguir em frente, com confiança e propósito renovados.



Sou a Lane, uma apaixonada pela escrita expressiva, mãe e psicanalista. Vivo o meu propósito a cada dia. Acredito que estamos juntos, numa constante troca de saberes.

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page